segunda-feira, 26 de agosto de 2013

NO ÍNTIMO DE UM BEIJO



Chegaste de mansinho à minha vida,
Trazias nos olhos um raio de arco-íris,
Nas palavras as cores quentes do Verão,
E nos gestos a simplicidade e a paixão.
Levaste-me contigo nos passos lentos da descoberta,
Nas vagas ondulantes dos carinhos,
Pelas noites vagarosas de pleno luar.
Ficámos de mãos dadas junto à praia,
Na quietude de um abraço demorado,
Com os olhos perdidos na lonjura da baía.
Luzes pontilhando a noite escura,
E nós, no mais íntimo de um beijo,
Náufragos num mar de desejo,
Apagando lentamente a mágoa e a desventura.

Autora: Isabel Vilaverde
(@Todos os Direitos Reservados).
27/07/2013

Imagem: Autor desconhecido.


4 comentários:

  1. Que magnifico poema, no Porto dos Sentidos, Isabel Vilaverde!
    "E nós, no mais íntimo de um beijo,
    Náufragos num mar de desejo"... (com sabor a...mar)

    ResponderEliminar
  2. Lindo poema Isabel. Muito lindo
    Vou partilhar. Muito obrigado.
    Claro que menciono o seu nome

    ResponderEliminar

 
Licença Creative Commons
This obra is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas 2.5 Portugal License.